Travessa Dona Paula, 13 – Higienópolis, São Paulo – SP
Empresas: 11 3569-3971 / Candidatos: 11 98957-7356

Marketing Pessoal: O segredo para construir uma imagem de sucesso

Marketing Pessoal: O segredo para construir uma imagem de sucesso

Compartilhe

Já pesquisou seu nome no Google? O que você encontraria?

Você pode se surpreender com o resultado – fotos antigas de você com seus amigos em festas, imagens de perfil de empregos antigos, ou talvez outras pessoas com o mesmo nome ocupem esse precioso espaço de pesquisa, deixando você aparecer lá na página três (o que é péssimo!).

Embora a maioria das pessoas possa achar isso engraçado, você sabia que o resultado desse tipo de busca pode realmente impactar no seu marketing pessoal? Seja para o seu próprio negócio ou para a empresa em que trabalha.

Bem-vindo ao novo mundo da marca pessoal, onde seu posicionamento em redes sociais pode arruinar suas chances de garantir os clientes certos para o seu negócio ou ser percebidos da maneira certa por um potencial empregador.

TEM UM NOME? UM ROSTO? UMA IDENTIDADE? VOCÊ TEM UMA MARCA PESSOAL

Antigamente, havia uma separação clara entre o trabalho e vida pessoal. Mas com o crescimento da internet e das mídias sociais, essa grande divisão entre trabalho e vida foi deixando de existir. E hoje, as empresas e empregadores de fato estão usando isso a seu favor.

Quer você goste ou não, você tem uma marca pessoal.

Essa é provavelmente a parte mais dura da realidade que compartilharemos neste artigo. Prometemos passar o resto do tempo dizendo o que você pode fazer para melhorar o seu marketing pessoal.

O que é MARCA PESSOAL?

De acordo com o Personal Brand.com , uma marca pessoal é definida como uma percepção ou impressão amplamente reconhecida e amplamente uniforme de um indivíduo. Isso se baseia em sua experiência, conhecimento, competências, ações e realizações em uma comunidade, indústria ou mercado.

Você retrata sua marca pessoal através da maneira como é mostrado digitalmente, da maneira como se comporta no trabalho, dos eventos de rede em que participa, das causas pelas quais está interessado, do trabalho que produz por exemplo. O marketing pessoal está diretamente ligado a sua reputação e também com a avaliação que as outras pessoas farão de você.

O marketing pessoal acontece quando as habilidades e qualificações são utilizadas para alavancar a carreira, promovendo uma marca pessoal.

Veja na internet qual conteúdo está disponível em relação ao seu nome. Quais fotos, sites, histórias estão vinculadas ao seu nome?

Se alguém tivesse que usar três palavras para descrevê-lo, o que você esperaria que fosse?

Mais importante, você está mostrando ao mundo a percepção que você gostaria de quem você é?

Mas afinal para que serve o Marketing Pessoal?

Para quem busca um destaque no mercado de trabalho;

Ajuda na conquista do primeiro emprego;

É indicado para aqueles que buscam mudar de posição ou atingir objetivos específicos em sua carreira/emprego atual.

 09 dicas para construir seu marketing pessoal

1 – Tenha um objetivo definido

A primeira etapa é definir o objetivo desejado, por exemplo, conquistar uma promoção. A partir disso, elabore as ações necessárias para atingir essa meta. Faça pesquisas com outras pessoas que já atingiram esse resultado ou algo semelhante e entenda o que é preciso em termos de qualificação ou experiencia específica.

 2- Aprimore suas habilidades de comunicação

Uma boa comunicação é necessária para qualquer objetivo definido. Fale corretamente no ambiente de trabalho ou durante uma entrevista de emprego e, principalmente de forma clara, sem gírias. Tenha domínio dos termos técnicos da sua área de atuação e utilize-os corretamente em sua fala. Na comunicação escrita, utilize corretores de textos ou ferramentas online para te auxiliar e evitar o envio de mensagens com erros imperdoáveis de ortografia. Eu diria que a comunicação é a parte mais importante do marketing pessoal e é justamente nesse quesito que muitas pessoas pecam.

3- Cuide das suas competências técnicas e comportamentais

Para conquistar um emprego, nova posição, promoção etc, é preciso que você tenha uma boa qualificação. Existem inúmeros cursos disponíveis na internet, muitos gratuitos. É fundamental investir em cursos específicos da sua área de atuação e estar atento as novas tecnologias em geral. O mercado está cada vez mais competitivo e além de conhecimento técnico sólido, para se destacar você precisa investir em habilidades comportamentais, tais como: comunicação, negociação, trabalho em equipe, disciplina por exemplo. Um programa de coaching pode ajudá-lo nesse sentido.

 4 – Seja cuidadoso com o seu visual

 Você não precisa investir em roupas caras mas, sim cuidar da aparência e da higiene. Veja se sua área de atuação ou ambiente de trabalho tem um dress code (código de vestimenta) padrão. Por exemplo, em carreiras mais tradicionais como Direito, os profissionais costumam usar traje social. Já em empresas de tecnologia, o que vale é o casual. 

5-  Seja uma pessoal agradável

Ser prestativo e educado com as pessoas são modos de ser lembrado e de trabalhar o seu marketing pessoal. Busque a empatia pois, ela poderá ajuda-lo a entender melhor as pessoas e a ter novas ideias para a resolução de problemas.

6 – Resolva problemas

As empresas buscam profissionais que sejam criativos e tenham habilidade para resolver problemas. Ao constatar que algum processo pode ser melhorado, elabore uma boa argumentação (comunicação) e apresente ao seu superior. Ajude seus colegas a resolverem problemas rotineiros. Exercite ao máximo essa habilidade e se destaque por entregar valor a empresa. Essa atitude pode te levar para o próximo nível na carreira.

7 – Cuida das suas redes sociais

 O que seu Instagram, Facebook ou Linkedin falam sobre você?

O marketing pessoal está diretamente ligado a imagem online que temos. Os recrutadores, líderes e colegas de trabalho certamente verificam os perfis dos candidatos nas mídias sociais. Tenha cuidado com o tipo de postagem que você fará. Evite discussões sobre temas polarizados como política por exemplo, já pensou que você perder um emprego ou até um cliente por terem visões opostas sobre um assunto polêmico?

O LinkedIn é uma das formas mais importantes de mídia social para o marketing de si ou de sua marca, se você a estiver usando para fins de crescimento em sua carreira ou negócio. Ele permite que você compartilhe conteúdo digital relevante para sua marca ou empresa e fornece uma plataforma para conectar-se e interagir com empreendedores com ideias semelhantes.

Embora outros sites sociais como o Facebook e o Instagram sejam importantes, o LinkedIn é seu novo melhor amigo para a marca pessoal.

De acordo com o empreendedor.com , 85% dos recrutadores e profissionais de RH dizem que a reputação de um funcionário on-line influencia suas decisões de contratação em algum grau. O mesmo pode ser dito para clientes e colaboradores em potencial

Utilize esse espaço para compartilhar conteúdos que sejam interessantes para a sua área de atuação. Deixe as mídias sociais falarem bem de você.

8 – Seja responsável com prazos

Parece óbvio, mas muitos profissionais acabam pecando por falta de comprometimento com horário, prazos de tarefas que precisam ser entregues, por exemplo. Mostre que você está comprometido com os objetivos da empresa e com as atribuições atuais, com isso novas responsabilidades podem ser direcionadas a você. 

 9 – Faça networking estratégico

A sua rede de relacionamentos tem grande importância para a via profissional e é fundamental para que seu marketing mostre resultados. Tenha contato com pessoas da sua área ou área que você gostaria de trabalhar. Participe de eventos, cursos e seminários e ajude sua rede sempre que possível. Assim você será lembrado e indicado para futuras oportunidades.

 Então, pronto para construir uma imagem de sucesso?

Abraços,

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *