Entrevista Por Videoconferência: Como Agir!?

Entrevista Por VideoConferência: Como Agir!?

Existem diferenças entre uma entrevista por videoconferência via zoom e uma entrevista cara a cara?

Sim e não.

Uma entrevista por videoconferência ou vídeo chamada é uma entrevista de emprego independente do meio em que ocorre. Ou seja, existem protocolos esperados e nem mesmo uma pandemia mundial conseguiu alterá-los.

No entanto, existem particularidades do meio digital que precisam ser levadas em consideração.

Por isso, nós vamos te dar o passo a passo de como agir em uma entrevista online:

  • Como se arrumar para uma entrevista de emprego online
  • Como se comunicar durante uma entrevista de emprego digital
  • O que evitar em uma entrevista de emprego, digital ou não!

Como você pode perceber, partimos do princípio que você enviou seu currículo, foi contemplado e está na próxima etapa, a da entrevista de emprego.

Caso você não tenha certeza de como montar um currículo para a vaga X, sugerimos buscar ajuda de profissionais para isso, como os da Habittus que ajudam seus clientes a montar um currículo perfeito.

Agora, o mesmo cuidado que você usou na elaboração do seu CV deve ser aplicado às próximas etapas, que são tão – ou mais – importantes na obtenção do seu emprego dos sonhos.

Como se arrumar para uma entrevista de emprego online por vídeo chamada

Só por que uma entrevista é por videoconferência não significa que você não deve se arrumar tanto quanto para uma que seja presencial.

Na realidade, colocar o terno e os sapatos pode te ajudar a entrar no mindset certo para sua entrevista, ajudando-o a se sentir mais confiante.

Da mesma forma, encontre o ambiente ideal para o encontro digital com o recrutador da vaga.

Ou seja, um local com o background em cores neutras e sem muita informação, silencioso ou com pouco som ambiente, com boa iluminação, e em que você não será incomodado durante a entrevista.

Também se certifique de que você possui:

  • Uma boa câmera
  • Uma boa conexão com a internet
  • Um bom microfone
  • Um bom fone de ouvido

É sempre bom testar seus aparelhos e locais diferentes em sua casa com antecedência para garantir que não será surpreendido (negativamente) durante a sua entrevista.

Dito isso, saber comunicar-se bem é indispensável no mundo digital. Vamos aprender mais sobre isso?

SERVIÇO DE PREPARAÇÃO PARA ENTREVISTA DE EMPREGO

SERVIÇO DE PREPARAÇÃO PARA ENTREVISTA DE EMPREGO

Como se comunicar durante uma entrevista de emprego virtual

Você já sabe que não pode deixar a tecnologia ser um estorvo no mundo digital.

Em especial, quando estamos falando de uma oportunidade no mercado de trabalho. Entretanto, os seus apetrechos tecnológicos não são as únicas coisas que podem ficar entre você e seu emprego dos sonhos.

A outra coisa é você mesmo. Ou, ainda, sua falta de habilidade comunicacional. Felizmente, isso é algo que dá para remediar:

  • Certifique-se de enunciar as palavras com clareza.
  • Não se apresse para responder às perguntas do entrevistador, pense na sua resposta antes de falar.
  • Mantenha contato visual – não desvie o olhar.

Essas e outras dicas para entrevistas de emprego abundam na internet. Você pode pesquisar e praticar por conta própria!

Agora, caso queira uma opinião profissional, sugerimos buscar serviços especializados na preparação para processos seletivos, oferecidos por empresas de RH.

Como costumam lidar com clientes e com empregadores, são pessoas com olhar apurado para te ajudar a praticar entrevistas – digitais ou não – e te dar dicas comportamentais, comunicacionais etc.

O que evitar em uma entrevista de emprego, por videoconferência ou não!

Falamos muito sobre o que fazer e o que melhorar para uma entrevista de emprego, mas você já parou para pensar no que você não deve fazer em uma, seja ela digital ou não?

Pois é, muitas pessoas não param de pensar no assunto e é assim que correm o risco de cometer erros bobos. Como:

  • Não pesquisar sobre a vaga e/ou a empresa;
  • Não se vestir adequadamente;
  • Se atrasar;
  • Distrair-se;
  • Ter uma linguagem corporal ruim;
  • Dar respostas confusas e/ou vagas;
  • Divagar;
  • Mentir;
  • Não fazer perguntas;
  • Iniciar a discussão sobre dinheiro ou férias;
  • Usar palavras de baixo calão;
  • Atender ligações durante a entrevista;
  • Decorar respostas;
  • Falar mal de chefes, colegas ou trabalhos antigos;
  • Ser arrogante; e
  • Demonstrar falta de interesse.

Não se assuste com a lista – a maioria delas só requer bom senso por parte do profissional que está buscando uma nova oportunidade de emprego.

Consciente desses pequenos deslizes, porém, você pode se certificar de que não irá cometê-los de jeito nenhum e garantir que não será eliminado por algo que poderia ter sido facilmente evitado.

Esperamos que essas dicas para entrevista de emprego te ajudem.

Caso ainda não esteja confiante e precise do auxílio de um profissional de RH, entre em contato conosco.

Nossos profissionais podem te ajudar.

Tenho Uma Entrevista De Emprego: E Agora, O Que Fazer!?

Tenho Uma Entrevista de Emprego: E Agora, O Que Fazer!?

Independente da sua idade e da sua profissão, uma entrevista de emprego pode ser algo assustador. Afinal, são alguns minutos que podem decidir o seu rumo profissional.

Em um momento de crise econômica, política e social, como o qual estamos passando, a vaga certa se torna ainda mais disputada e importante.

Por isso, neste artigo vamos falar sobre como se preparar para uma entrevista de emprego.

Para facilitar a sua leitura, organizamos o texto da seguinte forma:

  • Como se preparar para uma entrevista de emprego?
  • Quais as perguntas mais comuns em entrevistas de emprego?
  • Como se comportar em uma entrevista de emprego?

Caso queira ler especificamente sobre um dos tópicos acima, basta ir direto ao assunto. Ainda assim, aconselhamos a ler todos os itens!

Como se preparar para uma entrevista de emprego?

O primeiro contato que seu empregador terá com você é por meio do seu currículo.

Portanto, é muito importante que você informe suas experiências mais relevantes, bem como quais as funções que você exerceu em cada uma delas, dentre outras informações relevantes para a empresa, como idiomas, educação, etc.

Dependendo da sua área de atuação, pode ser que você tenha que caprichar mais na apresentação do documento.

Por exemplo, entre designers, diretores de arte e outras profissões ligadas à indústria criativa, um CV mais trabalhado pode fazer a diferença. Já um advogado não precisa disso, um simples documento Word basta.

É claro que um bom currículo não significa que você será chamado para uma entrevista, mas é meio caminho andado. Caso tenha sido chamado, você está muito mais perto de conseguir seu emprego dos sonhos.

Mas pode ser que você esteja preocupado com os próximos passos, certo?

Da mesma forma que você adequou seu currículo à vaga, você precisa se vestir de maneira apropriada. Para um advogado, isso significa separar um bom terno e par de sapatos de cores sóbrias para o dia da entrevista.

Outras profissões não costumam requerer roupas tão formais, mas é sempre bom pesquisar sobre as normas da empresa ou agência para a qual você está se candidatando.

Falando em pesquisa, é sempre bom você investigar um pouco sobre a história da empresa, as funções que você precisará exercer etc.

Se ainda não estiver muito seguro, você pode pesquisar sobre as perguntas mais comuns em uma entrevista de emprego e refletir sobre elas.

Os recrutadores vão saber se você tiver decorado algo, por isso não faça isso – pense sobre a questão e responda honestamente.

Quais as perguntas mais comuns em entrevistas de emprego?

Então, o que mais perguntam em uma entrevista? Em geral, sobre você, suas experiências profissionais e como isso pode se aplicar à vaga desejada. Quer ver? Olha só:

  • Me conte sobre você.
  • Por que você quer trabalhar para nós?
  • Quais são seus pontos fortes e fracos?
  • Aonde você se vê em cinco anos?
  • Qual é a sua maior conquista?
  • Por que deveríamos contratá-lo?
  • Você trabalha bem em equipe?
  • Qual sua maior conquista profissional? E pessoal?
  • Quais são suas expectativas salariais?
  • Você tem alguma pergunta?

Quando for responder a qualquer uma dessas perguntas (ou, ainda, a qualquer pergunta durante um processo seletivo) lembre-se do seu objetivo: conseguir o emprego.

E lembre-se do objetivo do entrevistador: contratar um bom funcionário para sua empresa.

Assim, o ideal é que suas respostas demonstrem suas qualificações enquanto colaborador.

Parece um caso de “fácil falar, difícil fazer”, certo? Afinal, como você vai saber se suas respostas são boas. Existem duas formas:

  1. Experiência. Você vai passar por muitos processos seletivos durante sua vida e, eventualmente, você vai aprender como navegar por eles.
  2. Buscando a ajuda de um profissional. Muitas empresas de RH, como a Habittus – Gente & Gestão, oferecem serviços de preparação para entrevistas de emprego. Esses serviços costumam incluir uma análise do currículo e da vaga, de modo que eles podem averiguar as perguntas mais prováveis que farão para você; simulação de entrevista; feedback e dicas.
SERVIÇO DE PREPARAÇÃO PARA ENTREVISTA DE EMPREGO

SERVIÇO DE PREPARAÇÃO PARA ENTREVISTA DE EMPREGO

Como se comportar em uma entrevista de emprego?

Você acha que a forma de se comportar em uma entrevista de emprego é óbvia?

Pense duas vezes! Não é à toa que existem especialistas de RH dedicados ao ensino da melhor forma de portar-se.

E o que isso significa?

Em geral, agir de uma forma que demonstre confiança e/ou segurança de si mesmo e de suas aptidões. E eis algumas maneiras de fazer isso:

  • Mantendo uma postura relaxada – que é diferente de “desleixada” – e aberta;
  • Mantendo contato visual com o entrevistador; e
  • Enunciando suas palavras de forma calma e clara.

É claro que um profissional, como mencionado anteriormente, poderia fazer uma análise mais crítica da forma como você se comporta agora e o que pode melhorar.

Acima de tudo, lembre-se que se você se candidatou à vaga é porque acredita que tem o que é necessário para preenchê-la. E esse é o tipo de confiança que os recrutadores querem.

Se ainda não se sente preparado para a sua próxima entrevista de emprego, entre em contato conosco. Nossos profissionais podem te ajudar.

Como Dominar Uma Entrevista De Emprego: Antes, Durante E Depois

Como dominar uma entrevista de emprego: antes, durante e depois

De uma vez por todas: o guia completo para conseguir sua próxima entrevista.

A batalha é: “a procura de um emprego” – embora seja gratificante no final – pode ser uma experiência muito estressante. 

Quer você esteja vasculhando sites de empregos ou fazendo networking como um louco, é fácil se sentir decepcionado, até conseguir a entrevista. 

Marcar uma entrevista é o primeiro passo para conseguir o emprego dos seus sonhos, por isso é importante se preparar o máximo possível para se destacar. Explicarei o que fazer e o que não fazer antes, durante e depois da entrevista – tudo com base em minha própria experiência pessoal.

ANTES DA ENTREVISTA DE EMPREGO

Pesquise – então pesquise um pouco mais

É muito importante fazer uma pesquisa adequada sobre a empresa com antecedência. Por quê? Porque mostra a eles que você já sabe sobre a empresa e que está empenhado em buscar a posição oferecida.

Dedique algum tempo para navegar pelo site deles. Procure saber quando a empresa foi estabelecida, sua declaração de missão, quem é o CEO, que tipo de clientes eles têm, como é a cultura de sua empresa – investigue, leia, aprenda, qualquer coisa da empresa que você ache interessante dizer durante a entrevista. Muitos empregadores perguntarão o que você sabe sobre a empresa e por que você é uma ótima opção para eles; é sua função ir preparado para responder a essas perguntas. 

Use o site da empresa para ajudar a planejar sua roupa

Outro fator importante a levar em consideração antes da entrevista é o que você vai vestir. Ao navegar pelo site da empresa, você provavelmente terá uma noção da cultura da empresa, o que pode ajudá-lo a determinar como deve se vestir. 

Se você está se candidatando a um cargo em uma empresa financeira, por exemplo, pode querer usar algo mais formal, como um terno. No entanto, se você está se candidatando a uma posição mais criativa, pode querer usar algo mais – por falta de palavra melhor – criativo.

Às vezes, você ficará inseguro sobre a cultura da empresa ou o código de vestimenta. Nesse caso, não custa pedir recomendações ao seu contato ou representante de RH. Sempre que você não tiver certeza sobre o que vestir, é sempre melhor confiar no básico, calça e camisa do que usar roupas exageradas. 

Prepare seu argumento pessoal

O entrevistador geralmente começa pedindo que você conte a eles sobre você. Esta é a sua hora de brilhar, então faça valer a pena. Elabore uma introdução que seja breve e direta – você não quer entediá-los com detalhes desnecessários, ensaie seu “argumento de venda” antes da entrevista. Fazendo isso significa que você será capaz de responder a esta pergunta com confiança.

Tenha suas próprias perguntas prontas

Quase todas as entrevistas terminam com “Você tem alguma pergunta para mim?” Você pode descobrir que tem perguntas baseadas em sua conversa durante a entrevista, mas seja precavido e prepare algumas com antecedência. 

Use o Google Maps

Se você não estiver familiarizado com o local da entrevista, dirija até lá no dia anterior para se familiarizar com o trajeto. Não tem condições de ir conferir o local? Fácil, use a internet, simulando o trajeto da sua residência até o endereço da empresa. E no dia da sua entrevista, reserve bastante tempo para chegar lá! É sempre melhor chegar 20 minutos mais cedo do que 20 minutos atrasado.

Imprima várias cópias do seu currículo – e não esqueça uma caneta

Quanto ao que levar para a entrevista, chegue sempre com algumas cópias do seu currículo, caneta e papel, e algumas cópias impressas do seu trabalho anterior ou portfólio (se for o caso). Lembre-se sempre de portá-los em uma pasta, para que seu currículo e portfólio não amassem. Outra opção é usar um tablet ou notebook.

Entre na chamada “zona de poder”

Você já deve estar em “modo entrevista” quando chegar. É a sua chance!

Feche-se na sua zona de poder, entre com um sorriso no rosto para mostrar que está animado por estar lá e não se esqueça de respirar fundo – isso definitivamente ajudará a acalmar seus nervos.

Algumas pessoas até gostam de ouvir alguns minutos de música com graves pesados ​um pouco ​antes. Isso o ajuda a se sentir mais poderoso. Confie em mim.

DURANTE A ENTREVISTA DE EMPREGO

Apertos de mão e nomes são tudo

Embora a duração da entrevista dependa muito de vários fatores, suponha que você estará lá por pelo menos 40 minutos. Quando seu entrevistador cumprimentá-lo, dê a ele um aperto de mão firme e agradável. Pode ser difícil lembrar nomes (especialmente se você estiver em vários processos seletivos).

Tente repetir um nome imediatamente após a introdução. Por exemplo, quando o entrevistador disser “Oi Carolina, sou Luiz”, responda com “Oi Luiz, prazer em conhecê-lo”.

Mantenha as respostas curtas e honestas – e não há problema em dizer “Não sei”

Depois de analisar seu “argumento de venda pessoal”, serão feitas perguntas sobre sua experiência anterior de trabalho, o que você sabe sobre a empresa, por que você seria uma boa opção para o cargo e assim por diante. 

Esteja preparado para responder a perguntas típicas de entrevistas como “Onde você se vê daqui a cinco anos?”, “Quais são seus pontos fracos?” Ou mesmo “Por que você está procurando um novo emprego?” 

Se você não tiver certeza de uma resposta para alguma pergunta, é normal dizer que você não sabe. É contraintuitivo, mas acredite em mim – eles preferem que você seja honesto a se desviar com respostas imprecisas. A coisa mais importante a lembrar durante a entrevista é ser você mesmo. Seja o mais honesto possível e eles o respeitarão por isso.

Assim que a entrevista terminar, certifique-se de dizer obrigado.

APÓS A ENTREVISTA DE EMPREGO

Você deve escrever uma nota de agradecimento

Muitas pessoas pensam que não precisam fazer nada após a entrevista inicial. Errado. Sempre, sempre, sempre envie uma nota de agradecimento, por e-mail. Os empregadores apreciarão muito que você dedicou seu tempo para fazer isso.

Não precisa ser uma nota longa – apenas algo para agradecer pelo tempo dispensado e algo positivo sobre a empresa.

Lembre-se de manter sua nota de agradecimento curta e direta – ela deixará uma ótima impressão!

Isso pode parecer muito para lembrar, mas contanto que você faça a pesquisa adequada, apareça na hora certa e seja você mesmo, você dominará a arte da entrevista. 

Sucesso em sua recolocação!

Recrutamento E Selecao

O Método STAR: O Segredo para a Sua Próxima Entrevista de Emprego

O método de entrevista STAR (situação, tarefa, ação e resultado) é uma técnica que auxilia os candidatos em entrevistas comportamentais, ou seja, aquelas onde o entrevistador analisa como você se comportou em situações de trabalho anteriores. No geral são perguntas abertas e solicitam que o candidato compartilhe histórias e exemplos de suas ações passadas.

Exemplos de perguntas da entrevista STAR

  • Compartilhe um exemplo de quando você enfrentou um problema difícil no trabalho. Como você resolveu esse problema?
  • Descreva um momento em que você estava sob muita pressão no trabalho. Como você reagiu?
  • Conte-me sobre um erro que você cometeu. Como você lidou com isto?
  • Compartilhe um exemplo de um momento em que você teve que tomar uma decisão difícil. O que você fez?
  • Conte-me sobre um momento em que você discordou do seu chefe. Como você resolveu isso?
  • Conte-me sobre uma ocasião em que você trabalhou com outras áreas para concluir um projeto.
  • Compartilhe um exemplo de quando você falhou. O que você aprendeu com a experiência?
  • Conte-me sobre um momento em que você definiu e alcançou um objetivo específico.

Elaborar um exemplo adequado para a sua resposta é apenas o começo. Então, você também precisa compartilhar os detalhes de uma forma atraente e de fácil compreensão – sem divagações sem fim. É exatamente isso que o método STAR lhe proporciona, através de uma estrutura simples para ajudá-lo(a) a contar a sua trajetória e valorizar a sua carreira.

Vamos ao que interessa! Como já citado no início do texto, STAR é um acrônimo de SITUAÇÃO, TAREFA, AÇÃO E RESULTADO:

SITUAÇÃO: Trata-se de definir o contexto da sua história. Apresentar ao ouvinte onde ou quando o evento ocorreu.  Por exemplo, “estávamos atuando em um grande cliente com contrato de doze meses quando nossa equipe sofreu uma alteração na liderança do projeto…” Seja o mais específico possível.

TAREFA: Descreva a sua responsabilidade nessa situação. Por exemplo, “minha responsabilidade era comunicar ao meu grupo e ao cliente sobre essa alteração e zelar para que o projeto se mantivesse organizado…”

AÇÃO: Conte como você concluiu a tarefa, quais foram as etapas e como enfrentou os desafios. Concentre-se no que você fez, e não no que sua equipe, gestor ou colega de trabalho fizeram. Por exemplo, “organizei reuniões semanais com os clientes para atualizá-los sobre o andamento do projeto, avaliar como eles estavam lidando com a mudança e garantir os prazos…”

R ESULTADO: Por fim, explique os resultados gerados pelas suas ações, pode ser útil dar ênfase ao que você fez e o que aprendeu. Por exemplo, “conseguimos concluir o projeto dentro do prazo, superando as expectativas do cliente. Foi muito gratificante acompanhar e gerenciar essas mudanças e ter tido êxito…”

Lembre-se de que sua resposta deve levar no máximo dois minutos. Ao inserir cada um dos elementos, tente ser conciso.

Como se preparar

O método STAR será inútil se você tentar usá-lo para estruturar uma trajetória profissional totalmente irrelevante. É por isso que o ponto de partida é encontrar um cenário adequado as suas experiências profissionais.

Como você nunca saberá previamente quais técnicas de entrevistas o entrevistador irá utilizar, estar preparado para vários cenários lhe deixará em vantagem.

Faça uma lista das habilidades e experiências divulgadas na descrição da vaga e em seguida considere criar exemplos específicos de situações onde você utilizou essas habilidades. Para cada exemplo, indique a situação, tarefa, ação e resultado.

Independente de quais sejam os exemplos, certifique-se de que eles estejam alinhados ao trabalho para o qual você será entrevistado. Você também pode pesquisar sobre as perguntas mais comuns de entrevista comportamental e simular a resposta de cada uma delas usando a técnica STAR.

Com a devida preparação e estratégia, você verá que as perguntas comportamentais não são um bicho de sete cabeças e sim, uma oportunidade de enfatizar suas incríveis qualificações.